Lançamento LIVE do disco Tropical Diaspora #1 Bandas Brasileiras

Home|Event, Instagram Live|Lançamento LIVE do disco Tropical Diaspora #1 Bandas Brasileiras

TROPICAL DIASPORA® residencies

Vinyl Sound Curation ★ The party where the focus is the musicians and their live performances and the strictly vinyl after party residence with a musical selection to make you dance all night long!

Loading Events

Sáb.04.07 16h Brasil / 21 Berlin / 14 México

LIVE no INSTAGRAM @tropical_diaspora_records
com as Bandas Brasileiras da compilação em vinil TROPICAL DIASPORA #1

🚨 2 x Sorteio do Vinil! Aguarde as instruções
🚨 Moderação: Joanah Flor @joanahflor
🚨 Participaçao ao vivo das Bandas

👉SKA MARIA PASTORA – Olinda
👉ABEOKUTA – Recife
👉BANTUNAGOJÊJE – Berlin / Salvador
👉HÖRÖYÁ – São paulo

🚨
@bantunagojeje @grupohoroya @skamariapastora_oficial @abeokutaafrobeat
@dj_dr.socrates @tropical_diaspora_records @tropical_diaspora_party
@sameninaprodutora
🚨
#tdr010 #tropicaldiasporanr1 #live #skamariapastora #bantunagojêje #nojusticenopeace #abeokuta #grupohöröyá #tropicaldiasporarecordscompilation

Introdução e Notas de Release

O volume 1 da compilação Tropical Diaspora® Records está disponível para pré-encomendas e será lançado em uma edição limitada para vinil e cassete. Este álbum apresenta 9 bandas independentes de todo o mundo, com um total de 10 faixas. O disco é transparente e contém uma capa interna com as letras das músicas e um pôster. Este disco é uma poderosa rede de lembranças. Dá voz às filhas e filhos do tráfico de escravos. É um testemunho de como os escravizados africanos mantiveram suas culturas e história vivas, dando origem a uma das experiências culturais mais surpreendentes da humanidade.

O lançamento oficial foi dia 05.10.2019 em Paris, no Indy Label Market – Mercado de selos independentes edição Paris.

Notas de Capa

A Àrvore do Esquecimento e o Portão do Não Retorno

Todos tinham fortes lá. Os portugueses, franceses, britânicos, dinamarqueses e holandeses. O porto de escravisados de Ouidah, no atual Benin, 40 quilômetros a oeste da cidade de Cotonou, foi testemunha de um dos crimes mais graves contra a humanidade. Os leilões de escravisados foram realizados lá. Ao longo de três séculos, o local viu a partida de milhões de escravisados para as Américas. Hoje, na praia, o Portão do Não Retorno mantém as memórias vivas. O comércio de escravisados era mais do que simples tráfego humano. Os rituais simbólicos envolvidos revelam a brutalidade dos colonizadores europeus. Eles procuraram espoliar os africanos de sua humanidade. Os escravisados foram forçados a contornar a Árvore do Esquecimento, nove vezes para homens, sete vezes para mulheres, a fim de esquecer suas vidas e culturas. Então, antes de sua partida final os escravisados eram mantidos em barracos sem luz chamodos Zomais. Os centros de detenção ou campos de refugiados hoje nas fronteiras da Europa parecem uma farsa comparados a eles, mas igualmente eficazes. Nas fronteiras dos EUA a história se repete. Os nativos da América Latina sabem tudo sobre isso. Muitos morreram na Zomais, aos sobreviventes era reservada a parte mais perversa deste ritual, uma viagem sem volta após atravessarem o Portão do Não Retorno.

O Disco TROPICAL DIASPORA #1 lembra. A compilação revisita este capítulo da crueldade humana, a horrível história do tráfico de escravisados. Mas não é apenas mais um pedaço de memória, ou um local de tristeza. O registro transforma a Árvore do Esquecimento em uma poderosa rede de lembranças. Dá voz às filhas e filhos do tráfico de escravisados. Contrariando o Portão do Não Retorno, um testemunho de como os escravisados africanos mantiveram suas culturas e história vivas, dando origem a uma das experiências culturais mais surpreendentes da história humanidade.

O registro não é apenas inspirado, mas é dedicado a todos os ancestrais da moderna e grande Afro-Diáspora que manteve suas culturas vivas até os dias de hoje.

Share This Story, Choose Your Platform!

 LIVE & STRICTLY VINYL WITH FOCUS ON ILLUMINATED AFRO DIASPORA and NATIVE MUSIC

Events & Concerts log

Ticket

Go to Top